COMO DECLARAR IRPF 2019 — Aprenda a fazer sua Declaração

Muitas pessoas têm dúvidas e não sabem nem por onde começar sobre como declarar IRPF 2019. Mas essa não é uma atividade muito difícil!
Todos os anos os brasileiros precisam fazer a declaração. E mesmo assim, muita gente ainda fica completamente perdida na hora de fazer o famoso IR.

Se você é uma dessas pessoas, não se desespere. Trouxemos todas as informações para tirar as suas dúvidas sobre como declarar Imposto de Renda. Vamos lhe ajudar a entender como fazer isso e forma prática e rápida.

Leia atentamente todas as informações a seguir a respeito do IRPF 2019 e saiba como é realizada a declaração do imposto de renda 2019. Confira!!

Declaração IRPF 2019

A primeira coisa que você precisa saber, antes de como declarar Imposto de Renda, é se você é obrigado a fazer a declaração. Existem alguns critérios que são usados para a obrigatoriedade. Veja quais são as condições:

COMO DECLARAR O IMPOSTO DE RENDA 2019

 


01. Quem recebeu, no ano anterior, valores tributáveis acima de R$ 28.559,70. São considerados, nesse caso, valores provenientes de salários, aposentadoria, pensão, entre outros.


02. Pessoas que receberam, no ano anterior, valores não tributáveis superior a 40 mil reais. Indenização trabalhista ou rendimento de caderneta de poupança são algumas das situações que se encaixam.


03. Praticantes de atividade rural que obtiveram receita bruta superior a R$ 142.798,50.


04. Proprietários de bens com valores superior a 300 mil reais.


05. Acionistas da Bolsa.


06. Contribuintes que passaram a morar no Brasil definitivamente.


07. Contribuintes que tiveram ganho de capital na venda de bens e direitos e pagou imposto.


É importante destacar que contribuintes que perdem o prazo de declaração estão sujeitos a multa no valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% sobre o imposto devido.

Quem não precisa declarar IRPF 2019?

Se você chegou até aqui procurando informações sobre como declarar Imposto de Renda, é importante também saber quem não é obrigado.

Existem alguns critérios, conforme citamos anteriormente, que tornam a declaração anual de rendimentos uma obrigação. No entanto, existem alguns casos em que ela é facultativa.

Tais como:


01. Pessoas com rendimento mensal inferior a 1.903,00;


02. Pessoas cujos bens somem mais de 300 mil reais, mas que parte dessa propriedade esteja registrada em nome de um companheiro ou conjugue de união estável, do qual possui um relacionamento em regime parcial de bens;


03. Cidadãos que vivem exclusivamente do benefício de aposentadoria.


Como declarar IRPF 2019

Pronto! Agora você já sabe se é obrigatório ou não, no seu caso, realizar a declaração. Agora vamos ver como declarar IRPF passo a passo. Não é nada muito complicado.

COMO DECLARAR O IMPOSTO DE RENDA 2019


Passo 1. Acesse a página da receita federal para realizar o download do programa IRPF. Para isso, basta clicar aqui. Ao abrir a página, escolha o tipo de programa operacional que você usa (Windows, Linux, iOS, etc.).


Passo 2. Depois de instalar o programa você terá a opção de importar os dados da declaração IRPF do ano anterior ou começar uma nova.


Passo 3. Passando por essa etapa, opte pela “Declaração de Ajuste Anual”, e se identifique com o seu nome e CPF em cada campo designado.


Passo 4. Escolha entre o modelo com desconto de 20% (limitado a R$ 16.754,34), ou completo, para se usar as deduções legais.


Passo 5. A seguir você começará o processo de declaração. É necessário preencher cada informação conforme a sua situação financeira no ano anterior. Tenha em mãos documentos como rendimento, holerite etc.


Passo 6. Depois de preencher tudo, clique em “Resumo da Declaração” e depois em “Cálculo do Imposto”. Você poderá ver um campo para preencher com os seus dados bancários – ele será usado se houver algum valor a ser restituído.


Passo 7. Clique em “Enviar Declaração. Guarde o comprovante de seu envio.


Isenção IRPF 2019

A restituição é efetuada em lotes, sendo que o primeiro começa em junho e o último acontece em dezembro. Ela é liberada por ordem de entrega da declaração – quem faz a entrega mais rapidamente, recebe o valor antes.

Como Declarar IRPF MEI

O Microempreendedor Individual – MEI exerce dois papéis, o de empresário (Pessoa Jurídica) e o de cidadão (Pessoa Física) e cada um dos papéis envolvem obrigações como a declaração de imposto de renda.

Os empresários precisam efetuar os pagamentos mensais do (DAS) e a entrega da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-SIMEI). Já o cidadão, dependendo dos rendimentos, deve-se apresentar a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF).

Veja o passo a passo da Declaração a seguir:

1º passo – Calcule o lucro do seu negócio: pegue a receita total bruta anual e diminua as despesas feitas durante o ano (água, luz, telefone, compra de mercadoria, entre outras). É necessário guardar este valor para cálculos seguintes.

2º passo – Calcule a parte isenta, ou seja, a fração da sua receita que não será tributada. O percentual depende do tipo de atividade do seu negócio e corresponde a:

  • 8% da receita bruta para comércio, indústria e transporte de carga.
  • 16% da receita bruta para transporte de passageiros.
  • 32% da receita bruta para serviços em geral.

3º passo – Guarde o valor da parcela isenta, pois será usado para preencher a seção “Rendimentos Isentos – Lucros e Dividendos Recebidos pelo Titular”, da sua Declaração do Imposto de Renda.

4º passo – Calcule a parcela tributável do lucro (rendimento tributável): pegue o lucro evidenciado e subtraia a parcela isenta.

5º passo – Guarde o valor da parcela tributável. Ele será usado para preencher a seção “Rendimento Tributável Recebido de PJ” da sua Declaração do Imposto de Renda.

Para quem é MEI, a Declaração do Imposto de Renda deve ser entregue caso tenha recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano anterior (cerca de R$ 2.380 por mês). Mas se o seu rendimento foi abaixo deste valor, você não é obrigado, mas pode declarar.


Agora você leu nosso artigo pode descobrir como declarar imposto de renda, e viu que isso não é uma tarefa tão complicada quanto parece. Caso ainda tenha alguma dúvida, pode deixar nos comentários logo abaixo. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *